Ferj negocia para Arena da Ilha receber outros clubes no Carioca }

Ferj negocia para Arena da Ilha receber outros clubes no Carioca

por   em Notícias

Rubens Lopes e Carlos Eduardo Pereira discutem acordo que atenda interesses de federação, Alvinegro e Portuguesa. Dupla Fla-Flu poderia atuar no estádio

Destaque Arena Botafogo pode ser utilizada no Carioca Divulgação / Botafogo Arena Botafogo pode ser utilizada no Carioca
Gostou: avalie
(0 votos)
Publicidade

Pensando em aumentar a oferta de estádios para o ano que vem, a Ferj negocia com a diretoria do Botafogo uma forma de liberar a Arena da Ilha do Governador para outros clubes poderem usá-la em jogos de menor apelo do estadual de 2017.

Rubens Lopes, presidente da Ferj, Carlos Eduardo Pereira, presidente do Botafogo e João Rêgo, presidente da Portuguesa, parceira do Alvinegro na reforma do Luso-Brasileiro; têm feito reuniões sobre o assunto. Se a ideia sair do papel, o estádio ficaria à disposição de outros times durante o próximo Carioca.

"A Arena da Ilha é vista pela Federação de Futebol do Rio de Janeiro como importante praça para o campeonato estadual de 2017. E estamos conciliando os interesses com o Botafogo e a Portuguesa para a manutenção do estádio, que tem capacidade para 15 mil torcedores, excelente localização, custo baixo, boas condições para transmissões de TV, segurança e gestão sem complexidade. É o melhor para o futebol carioca", disse Rubens Lopes.

O modelo de parceria precisa atender aos interesses não só da Ferj, mas de Botafogo e Portuguesa. O Alvinegro gastou cerca de R$ 5 milhões para reformar o Luso-Brasileiro, inicialmente apenas até dezembro. Em entrevista, o presidente botafoguense já admitiu a possibilidade de não se desfazer da Arena.

"Olha, é possível. A gente tem uma obra feita, tem ali a Portuguesa como uma parceira, e é muito importante que eles participem também dessa avaliação e decisão para o próximo ano. E nós também estamos conversando com o presidente Rubens Lopes, uma vez que há também um interesse já manifestado da federação de alguma maneira participar desse projeto a partir do ano de 2017. A gente tem ótima relação com a federação de futebol, e a Portuguesa também, enfim... Somos parceiros e certamente sentaremos para conversar sobre esse assunto ao longo da próxima semana para que a gente já possa traçar um planejamento para 2017, visando uma definição de rumos para a Arena", afirmou Carlos Eduardo Pereira.

Além de Maracanã, Engenhão, São Januário e Edson Passos, a Arena seria a quinta opção de estádio na capital para os quatro grandes. Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, o Moacyrzão, em Macaé, e Los Lários, em Xerém, são alternativas.

Entre ou criar uma conta

fb iconAcesse com Facebook