Inter é condenado a pagar R$ 4,7 milhões a Diego Forlán }

Inter é condenado a pagar R$ 4,7 milhões a Diego Forlán

por   em Notícias

O valor é oriundo de uma dívida do clube colorado de quando o atacante uruguaio acertou a sua rescisão de contrato, em janeiro de 2014

Destaque Inter é condenado a pagar R$ 4,7 milhões a Diego Forlán Divulgação/Internacional
Gostou: avalie
(0 votos)
Publicidade

Em decisão de primeira instância, da 2ª Vara do Trabalho de Porto Alegre, o Internacional foi condenado a pagar R$ 4,7 milhões ao atacante Diego Forlán. O uruguaio, que deixou o clube colorado no início de 2014, entrou com uma ação pedindo pagamento de valores em aberto por conta da rescisão.

A sentença foi proferida em 31 de agosto e é assinada pela juíza Adriana Kunrath, que julgou procedente o pedido de Forlán. O valor a ser pago pelo Inter é de R$ 4.711.666,66.

De acordo com a defesa do atacante uruguaio, a saída, em janeiro de 2014, deu acesso à cláusula compensatória e pagamento de verbas rescisórias trabalhistas. Foi pedido ainda a conversão do valor para euro, o que faria o valor total do processo pular para R$ 5.911.906,60. A juíza não aceitou converter para a moeda estrangeira, mas reconheceu a dívida do Inter.

Quando as partes acertaram a rescisão contratual, o clube colorado negociou o pagamento da multa rescisória em quatro parcelas: 30 de agosto de 2014, 28 de fevereiro de 2015, 30 de junho de 2015 e 30 de novembro de 2015 para totalizar R$ 4.283.333,33. No entanto, de acordo com a decisão judicial, nenhuma das parcelas foi paga.

Diego Forlán foi contratado pelo Inter em julho de 2012, logo depois de deixar a Internazionale de Milão. Pelo clube colorado, o uruguaio atuou em 55 partidas e marcou 22 gols. Ele ainda foi artilheiro do Campeonato Gaúcho de 2013 e se transferiu para o Cerezo Osaka-JAP em janeiro de 2014.

Entre ou criar uma conta

fb iconAcesse com Facebook