Contraprova desmente doping e goleiro do Inter está liberado }

Contraprova desmente doping e goleiro do Inter está liberado

por   em Notícias

A segunda contraprova realizada pela UCLA não constatou níveis aceitáveis de corticoide no organismo de Jacsson

Destaque Contraprova desmente doping e goleiro do Inter está liberado Ricardo Duarte/Internacional
Gostou: avalie
(0 votos)
Publicidade

Depois de testar positivo no exame antidoping do dia 31/08, após a partida do Inter contra o Palmeiras, no estádio Beira-Rio, e ter a presença de corticoide confirmada na primeira contraprova, o goleiro Jacsson acabou sendo favorecido pela realização de uma segunda contraprova e está livre para voltar a atuar pelo clube gaúcho.

A Universidade da Califórnia (UCLA), nos Estados Unidos detectou a presença da substância proibida no primeiro exame realizado. Entretanto, no dia seguinte, a corticoide não foi encontrada.

"Pedi para que eles refizessem o testo no sábado, mesmo se o laboratório não funcionasse naquele dia (03 de setembro), já que tínhamos pressa. O exame foi refeito e a nova contraprova deu níveis abaixo de 30 nanogramas, logo, abaixo da linha de corte que é considerado doping", avaliou Fernando Solera, presidente da Comissão Nacional de Controle de Doping da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), em entrevista ao jornal "Zero Hora".

Com o resultado negativo, Jacsson não vai precisar cumprir os 30 dias de suspensão preventiva e já pode ser relacionado para as próximas partidas do Inter. O time colorado volta a entrar em campo na quinta-feira (15), às 21h, contra o Vitória, no Beira-Rio, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Alterado: Terça, 13 Setembro 2016 15:25

Entre ou criar uma conta

fb iconAcesse com Facebook