Mano vê Cruzeiro pronto para voltar a ser campeão - OChute }

Mano vê Cruzeiro pronto para voltar a ser campeão

por   em Notícias

No primeiro treinamento do ano, técnico contou com três dos quatro reforços anunciados. Caicedo, Hudson e Diogo Barbosa participaram da atividade na Toca da Raposa

Destaque Raposa retomou as atividades Divulgação / Cruzeiro Raposa retomou as atividades
Gostou: avalie
(0 votos)
Publicidade

Pela primeira vez, o técnico Mano Menezes comandará o Cruzeiro desde o início do ano. Na entrevista de reapresentação para a temporada 2017, o treinador afirmou que vê o grupo com capacidade para reencontrar o caminho dos títulos.

"O Cruzeiro já tinha um plantel para conquistar títulos. Nós, pontualmente, fomos buscar reforços nos lugares que temos carências. Com base na análise do que vi, da produção da equipe, penso que se apresentarmos acréscimo nesses setores, com características diferentes de jogadores, isso vai dando à equipe qualificação para ficar em primeiro. Conquistar ou não, é um detalhe decide. Mas o detalhe só estará do nosso lado se estivermos bem", disse.

"Acabou o saldo. O torcedor cobra baseado no que ele acredita que a equipe pode dar. O Cruzeiro tem a obrigação de lutar por títulos. Não me sinto mais nem menos pressionado", completou.

No primeiro treinamento do ano, Mano contou com três dos quatro reforços anunciados. Caicedo, Hudson e Diogo Barbosa participaram da atividade na Toca da Raposa.

"Me deixaram muito satisfeito, o grupo ficou mais forte, conseguimos trazer jogadores importante para dar uma ideia de jogo, de qualidade, como eu gosto. Para isso você tem que ter boa saída de bola, passagem, bom acabamento de construção de jogadas. Teremos jogadores para isso. Para se construir uma equipe vencedora, nem sempre isso acontece no primeiro ano, mas você pode acrescentar o que foi bom para o segundo ano, e depois você consegue uma equipe pronta para brigar pelas competições. Temos certeza que estaremos muito fortes", afirmou o comandante.

Mano pretende avaliar as atividades com o elenco antes de pensar na necessidade de novos atletas.

"Não existe grupo fechado no futebol. Podemos ter uma ideia de como iniciar o ano desta maneira. Agora precisamos ver como se comporta o grupo, em termos táticos, como se propõe a maneira de jogar. Depois avaliamos com calma. Mas agora não tem razão para ficar buscando quantidade, e sim qualidade", finalizou o treinador.

Entre ou criar uma conta

fb iconAcesse com Facebook