Messi é melhor que Cristiano Ronaldo }

Messi é melhor que Cristiano Ronaldo

por   em Editorial

Antes de qualquer coisa, quero começar pedindo desculpas aos fãs do jogador português e deixar claro que o texto expressa minha opinião.

Destaque Messi é melhor que Cristiano Ronaldo Foto: Andre Borges/ ComCopa (05/07/2014)
Gostou: avalie
(2 votos)
Messi é melhor que Cristiano Ronaldo - 5.0 out of 5 based on 2 votes
Publicidade

Em segundo lugar, não estou rebaixando Cristiano Ronaldo ou dizendo que ele não é um grande jogador. Estou fazendo exatamente o contrário. Citar o gajo ao lado de uma lenda, já revela a importância que CR7 tem.
Cristiano Ronaldo dribla, corre, dá passes, faz gols, cria jogadas. Mas Messi é gênio.


E a genialidade dele é demonstrada em cada lance. Quando “La Pulga” pega a bola, já é esperado o que ele vai fazer. Não é novidade para nenhum zagueiro. Messi vai com objetivo certo: o gol. E é ai que o artista do futebol aparece. Um drible desconcertante aqui, uma caneta ali e, quando o adversário percebe, ele já passou a bola ou está comemorando.


Os fãs do português me dirão que com CR7 é a mesma coisa.
E eu lhes respondo: definitivamente não é.
E não é por um simples motivo. O argentino se diverte em campo. Joga sem a pressão de que precisa fazer alguma jogada diferente. Ele joga por prazer, sorrindo.


Já o português tem a pressão. E essa pressão, muitas vezes, é colocada por ele mesmo. Ele se coloca como protagonista. Ele quer ser a estrela. Ele quer estampar a capa dos jornais no dia seguinte.
Messi não tem essa pretensão. Se ele não consegue fazer, passa a bola, faz assistência. O argentino declarou, há alguns dias, que não lhe interessam recordes, que ele quer ganhar algo com o seu país. É fácil falar isso depois de ter cinco “Bolas de Ouro” em casa e já ter conquistado todos os campeonatos possíveis com o seu clube. Mas, assim como é fácil, é preciso ter humildade para reconhecer que lhe falta algo.


Isso incomoda Messi. Ele sabe que, mesmo que já esteja no rol dos melhores, na Argentina ele nunca será visto como maior que Maradona. Don Diego já ganhou uma Copa do Mundo. E não só isso. Ganhou um mundial quando seu povo saia de uma ditadura e precisava se orgulhar de algo, pois a vergonha pela derrota na Guerra das Malvinas ainda repercutia.
Cristiano Ronaldo não pensa dessa maneira. Ele quer recordes pessoais. Quer capas de revistas, quer tietagem, badalação. Não reconhece a importância que tem para sua seleção e para sua própria equipe. Quando os críticos aparecem, dizendo que CR7 está mal, ele lhes responde dizendo que os outros é que estão um nível abaixo. Falta humildade.


Para nós brasileiros, é salutar que nossa estrela maior tenha ido jogar no Barcelona, ao lado de Messi. Neymar está aprendendo a jogar como coadjuvante. Está aprendendo a brilhar nos momentos certos e iluminar os outros quando necessário. E, pelo que temos percebido, parece que tem aprendido muito bem.


Para aqueles que duvidam do protagonismo do argentino, existem muitas comparações dos recordes anteriores e posteriores ao surgimento de Messi para o futebol. Sugiro que, quem tiver curiosidade, procure alguns.


O maior pecado que os deuses do futebol poderão cometer será o de que, talvez, Messi não seja vencedor de nada com a Argentina. Talvez não ganhe uma Copa do Mundo (quem sabe o que a Rússia revelará em 2018).
O jornalista Fernando Calazans disse, certa vez, que se Zico não ganhou uma Copa do Mundo, azar da Copa! Peço licença poética a Calazans para complementar a frase: Se Zico, Puskas, Platini e Messi não ganharam uma Copa do Mundo, azar da Copa!

Entre ou criar uma conta

fb iconAcesse com Facebook