Novos desafios de Ricardo Gomes no São Paulo }

Novos desafios de Ricardo Gomes no São Paulo

por   em Editorial

Além de enfrentar os desafios de montar a equipe, treinador terá pela frente problemas políticos do clube paulista e pressão da torcida

Destaque Tricolor também terá de enfrentar problemas extracampo Divulgação / São Paulo Tricolor também terá de enfrentar problemas extracampo
Gostou: avalie
(0 votos)
Publicidade

Sob pressão depois de sofrer uma invasão no centro de treinamento no último sábado, o São Paulo acumulou mais um resultado ruim em casa ao empatar sem gols com o Coritiba, em partida foi válida pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. O tricolor perdeu inúmeras chances, não conseguindo superar a defesa dos paranaenses. Demonstrando nervosismo em alguns momentos, a equipe sofreu com erros de passe e falhas nas finalizações.

Durante a ação do sábado, alguns dos jogadores foram agredidos e materiais de treino do clube foram roubados por integrantes de uma torcida organizada. Um grupo de torcedores conseguiu invadir o CT abrindo um portão à força, e tomou um dos campos de treinamento do local.

O próprio auxiliar técnico do clube paulista, Pintado, já demonstrava o receio de que o ocorrido pudesse afetar o desempenho dos atletas na partida. "Tomara que isso não reflita dentro do jogo, tomara que os jogadores não sintam, que não fiquem com medo de errar, porque o momento é difícil. Os jogadores ainda vão com esta pressão: 'se eu errar, vão me buscar, vão me bater'. Isso é muito ruim", disse.

Por outro lado, o presidente do São Paulo, Leco, minimizou os efeitos da invasão no rendimento da equipe. "O São Paulo vive um momento adverso, mas não está abalado. O time ainda está muito grande. O fato de ter havido a invasão é um aspecto negativo. Já passamos por essa situação e eram situações mais difíceis. Vamos superar", afirmou.

Instável, o São Paulo faz sua pior campanha do Tricolor em casa desde o início da era dos pontos corridos, em 2003. O time tem quatro vitórias, três empates e quatro derrotas como mandante no Brasileirão, com aproveitamento de apenas 45,5%.

Se antes a missão de Ricardo Gomes era a de acertar a equipe dentro de campo, agora o treinador também terá que blindar seus atletas fora dele. Para aumentar a pressão, o próximo jogo do São Paulo será contra o líder Palmeiras, no dia 7 de setembro, no Allianz Parque. Até lá, muita coisa tem de mudar.

Entre ou criar uma conta

fb iconAcesse com Facebook